plantio-de-cafe
Gestão Agrícola

12 dicas de ouro para bombar o seu plantio de café

O plantio de café é uma das etapas do cultivo desse grão que mais necessitam de atenção por parte do agricultor.

Por ser a fase inicial de um ciclo produtivo, consequentemente ela exige alto investimento.

Portanto, uma boa Gestão Agrícola aqui é indispensável.

Mas você não está sozinho nessa!

O Fazenda Lucrativa preparou 12 dicas de ouro para você ter um cafezal de sucesso:

Deixe seu e-mail e receba conteúdos inéditos para aprender mais!


1) Variedades

Para escolher a variedade que será plantada, deve-se considerar alguns fatores importantíssimos, como: 

  • o clima da região é o mais adequado para a variedade?
  • a variedade é mais adaptada?
  • ela apresenta resistência a doenças e pragas comuns na região?

Feito isso, certamente você terá muito mais segurança no decorrer da safra!

2) Época de plantio

Defina a época de plantio ideal, com base em informações do clima da região em que você está.

Normalmente o plantio do cafezal é feito no início da época das chuvas, pois é mais benéfico para a cultura. 

3) Clima

Verifique a temperatura média ao longo do ano e o regime de chuvas da região.

Muitas das variedades de café arábica, por exemplo, se adaptam a temperaturas médias de 18-22ºC e precipitação de 1200 mm ao ano. 

É importante verificar se há histórico de geadas na região. Além disso, é essencial também observar a ocorrência de ventos fortes na área, pois estes podem provocar quebras e facilitar a disseminação de doenças.

4) Topografia

Analise o relevo do terreno, a altitude, se este é plano, se o plantio será em área de encostas e verificar a sua exposição ao sol. 

Há doenças que são favorecidas por maiores altitudes. Aliás, é importante também observar se a área apresenta riscos de erosão e aplicar técnicas de manejo e conservação do solo. 

5) Consórcios

A cultura do café se adapta bem a cultivos consorciados, seja com espécies arbóreas ou espécies de pequeno porte.

Portanto, a possibilidade de um cultivo consorciado deve ser planejada desde a implantação do cafezal.

6) Calagem

Verificar a necessidade de calagem (correção da acidez do solo) com base em análise de solo da área.

Além disso, a calagem deve ser feita com 2 a 3 meses de antecedência ao plantio. 

7) Adubação e gessagem

Planejar a adubação do plantio de café com base em análise de solo da área e recomendações para a cultura.

O gesso agrícola, por exemplo, é interessante para a cultura do café, sendo um condicionador de camadas mais profundas do solo.

8) Escolha das mudas

Escolha mudas provenientes de produtores idôneos, livre de pragas e doenças. 

9) Espaçamento e densidade

Muito relacionado à variedade utilizada, ao nível tecnológico em questão e ao rendimento que se espera ter. 

10) Mecanização do plantio de café

Verifique se há a possibilidade do uso de maquinário para auxiliar em operações-chave.

Plantio, aplicação de produtos, colheita são boas sugestões.

11) Manejo de plantas daninhas

É importante manter o solo livre de plantas daninhas no momento do plantio, principalmente ao longo da faixa ou linha de plantio.

O mato nas entrelinhas pode ser manejado com roçadeiras ou enxadas rotativas.

12) Irrigação

Nos cafeeiros pode-se utilizar vários métodos de irrigação. Da mesma forma, durante o plantio pode-se usar produtos como o hidrogel, que garante melhor umidade do solo no entorno das raízes. 

Além disso, a manutenção de restos culturais sobre o solo e a adição de matéria orgânica ajudam na retenção de umidade no solo.

Deixe seu e-mail e receba conteúdos inéditos para aprender mais!


E aí, gostou das dicas? Além dessas, você tem alguma prática para sugerir? Comente aqui embaixo!

Você também pode gostar...