producao-de-cafe-brasileira
Gestão Agrícola Mercado Agrícola Produção Rural

Produção de Café brasileira: uma visão geral

Você já se perguntou onde se concentra a produção de café brasileira? 

Muitos ainda remetem a produção cafeeira ao estado de Minas Gerais, afinal historicamente foi a um grande produtor durante o período da República.

E isso não está errado – mas, apesar de ser o maior produtor do país, há ainda muito café no território nacional além do que o produzido naquela região.

O Fazenda Lucrativa traz hoje um panorama da atual produção cafeeira nacional, feito especialmente para o produtor rural.

Deixe seu e-mail abaixo para receber ofertas e conteúdos exclusivos!


Variedades do Café

Café Arábica

O foco da produção mineira está no Café Arábica, que possui uma característica vegetativa de bienalidade. Em outras palavras, as plantas passam por um ano de produção elevada para, no seguinte, ter uma produção reduzida. 

Esta característica pode ocorrer, inclusive, ao mesmo tempo em uma única planta – onde uma de suas metades tem uma alta produção em um ano, enquanto a outra está com baixa produção. Depois disso, vão invertendo a produção com o passar dos anos. 

Além da produção mineira, o Café Arábica também está presente nos estados de São Paulo, Espírito Santo e Bahia. Juntos, os quatro estados concentram 85% da produção desta espécie, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). 

Em 2018, considerado um ano de bienalidade positiva (alta produção), a produção estimada é de 45,94 milhões de sacas de Café Arábica.

Café Conilon

Atualmente, o Café Conilon (também conhecido como Robusta) tem sua produção concentrada no Espírito Santo, Bahia e Rondônia – estados que, juntos, totalizam 95% da produção dessa variedade. 

Segundo a EMBRAPA, o Espírito Santo deverá, em 2019, ter 68% da produção do Café Conilon no Brasil. O número estimado de sacas é de 10,37 milhões, provindas dos estimados 393,90 mil hectares produtores no estado.

O Café no Brasil

Hoje, temos uma área plantada em produção de café que totaliza 1,86 milhão de hectares, com uma produtividade média de 32,17 sacas por hectare. 

Este nível é o melhor quando comparado à média histórica dos últimos 10 anos do país. Entre os anos de 2012 e 2017, as exportações do complexo café (verde, solúvel, torrado e moído) totalizaram 200 milhões de sacas. 

Isso trouxe ao país US$ 35 bilhões de divisas. Em 2017 as exportações atingiram 30,9 milhões de sacas, gerando uma receita de US$ 5,24 bilhões e fazendo o café ser o 5º produto mais exportado pelo agronegócio brasileiro. 

Segundo a Conab, a safra brasileira, em 2018 é de 59,90 milhões de sacas de 60 kg de café beneficiado, cultivados em Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Bahia, Rondônia, Paraná, Rio de Janeiro, Goiás e Mato Grosso, Amazonas e Pará.

A Produção Cafeeira Nos Estados Brasileiros

Minas Gerais

Localizado na região Sudeste, Minas Gerais é o maior estado produtor de café do Brasil, respondendo por cerca de 50% da produção nacional e sendo, aliás, uma das principais fontes de cafés especiais do país. 

Praticamente 100% das plantações são de Café Arábica, cultivado em quatro regiões produtoras: Sul de Minas, Cerrado de Minas, Chapada de Minas e Matas de Minas, que exportam seus cafés pelos portos de Santos, Rio de Janeiro e Vitória.

Espírito Santo

O Espírito Santo é o segundo maior estado produtor de café do país e o principal produtor de Conilon. 

Com plantações de café Conilon nas áreas mais quentes ao norte, região chamada de Conilon Capixaba, e de Arábica ao sul, região conhecida como Montanhas do Espírito Santo, o estado é grande fornecedor do mercado brasileiro e escoa seus cafés especiais pelo porto de Vitória.

São Paulo

O estado de São Paulo é um dos mais tradicionais no cultivo de café. Sua produção é exclusivamente de Arábica, distribuída em duas regiões: Mogiana e Centro-Oeste Paulista, que alternam fazendas com pequenas propriedades e, além disso, produzem cafés especiais em áreas específicas. 

São Paulo abriga o porto de Santos, que escoa cerca de 2/3 das exportações de café do Brasil.

Bahia

O estado da Bahia está localizado na região nordeste do Brasil, com clima quente e temperaturas mais altas. 

São duas as regiões produtoras de café no estado: Planalto da Bahia e Cerrado da Bahia, onde se cultiva Arábica. Ao sul do estado também há áreas onde se produz Café Conilon.

Paraná

O Paraná é o estado produtor de café localizado mais ao sul do país. Nele, apenas o Café Arábica é cultivado, em plantações adensadas, que usam variedades adequadas ao clima mais frio da região. 

Outrora o maior estado produtor do país, vem recuperando sua produção com forte ênfase no cereja descascado.

Rondônia

O estado de Rondônia se localiza na região norte do país. Com uma produção anual de aproximadamente 2 milhões de sacas, o estado produz exclusivamente café Conilon. 

A cafeicultura é tradicional e familiar, com pequenas propriedades.

O café brasileiro no mundo

A cafeicultura brasileira é, no mundo, uma das mais atentas às questões sociais e ambientais, porque aqui há uma preocupação constante em garantir a produção sustentável de café.

Consequentemente, as leis trabalhistas e ambientais nacionais estão entre as mais rígidas entre os países produtores de café. 

São leis que respeitam a biodiversidade e os trabalhadores envolvidos no cultivo, repreendendo qualquer tipo de trabalho análogo à escravidão ou infantil. 

Além disso, os produtores brasileiros são conhecidos por preservar as florestas e a fauna nativas, por combater a erosão do solo e proteger as fontes de água naturais. 

Portanto, a busca do equilíbrioa ambiental entre flora, fauna e a produção de café é uma constante, da mesma forma em que assegura a preservação de uma das maiores biodiversidades do mundo.  

Melhorando a sua produção

Você acredita que com uma boa Gestão Agrícola a sua produção de café pode ser otimizada, gerando maior produtividade e sustentabilidade na fazenda?

Temos um material inédito para você!

O e-Book “Estratégias Para a Cafeicultura Brasileira” foi disponibilizado pelo Fazenda Lucrativa pensando principalmente no produtor de café.

O livro reúne 10 autores que trabalham as melhores estratégias para esta cultura em nosso território e com certeza irá te ajudar!

Deixe seu e-mail abaixo para receber ofertas e conteúdos exclusivos!


Não se esqueça de compartilhar esse artigo com a sua rede de amigos, pois certamente mais pessoas irão se beneficiar. E, acima de tudo, mesma forma, ajudar a melhorar a agricultura no país! 

Além disso, comente aqui embaixo se gostou do artigo. Boa leitura e até mais!

Fontes: Unicafe, Governo Brasileiro e EMBRAPA

Você também pode gostar...